Putin entra em autoisolamento após várias pessoas de seu círculo se terem infetado com COVID-19

Putin entra em autoisolamento após várias pessoas de seu círculo se terem infetado com COVID-19
© Sputnik / Yevgeny Paulin

Por Sputnik Brasil

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, tem de cumprir autoisolamento devido a casos registrados de COVID-19 em seu círculo próximo, segundo informou na terça-feira (14) o serviço de imprensa do Kremlin.

O Kremlin disse que o presidente russo informou sobre o autoisolamento durante uma conversa telefônica com o líder do Tajiquistão, Emomali Rakhmon. O prazo da quarentena não foi revelado.

O porta-voz do presidente, Dmitry Peskov, destacou que o autoisolamento de Putin não afetará o trabalho do presidente, mas ele não participará de eventos presenciais por algum tempo.

Putin testou negativo para o coronavírus e está saudável, segundo Peskov.

Ontem (13), Putin afirmou que muitas pessoas de seu círculo estão infectadas com o coronavírus e que ele teria de cumprir quarentena. Mais tarde no mesmo dia, Peskov comentou que Putin estava falando metaforicamente.

O líder russo recebeu a vacina russa Sputnik V contra a COVID-19. Ele declarou repetidamente que tem títulos de anticorpos suficientes após a vacinação.

No fim de julho, Peskov disse que, apesar da vacinação, o presidente mantém as medidas de segurança nos encontros. Algumas pessoas são testadas antes de se reunirem com Putin, outras cumprem quarentena.